Escoltado por dois caças, o avião que transportou a chama olímpica da Suíça para o Brasil chegou ao aeroporto de Brasília às 7h25 desta terça-feira (3), quase uma hora depois do previsto. O fogo aceso na Grécia em 21 de abril foi mantido em lanternas (espécie de lampião) durante o trajeto aéreo.No aeroporto, a chama foi recebida por uma centena de profissionais de imprensa e uma dezena de convidados, além de autoridades como o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), e o ministro interino do Esporte, Ricardo Leyser.

 O público não teve acesso à pista de pouso, no Terminal 2, o menor do aeroporto. O voo era fretado, da Latam.

O presidente do COB e do Comitê Organizador dos Jogos, Carlos Arthur Nuzman, desceu do avião com a chama olímpica dentro de uma lanterna às 7h48. Ele foi recebido por Rollemberg e Leyser.

Outras três lanternas com a chama também desembarcaram em Brasília.O revezamento da tocha começa às 10h, no Palácio do Planalto, com a bicampeã olímpica de vôlei Fabiana Claudino.

FolhaSãoPaulo
.

Fonte: Gazeta de Uberlândia