A partir de hoje os motoristas de veículos com placas que terminem de 1 a 5 devem portar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV). Aqueles que não estiverem com o documento estão cometendo infração gravíssima, poderão ser multados em R$ 191, terem o veículo apreendido e ainda somarem 7 pontos na carteira. Segundo o Departamento de Trânsito do Estado de Minas Gerais (Detran/MG), até o momento 62% da frota mineira está em situação regularizada e 38% não estão licenciados.

Os documentos foram enviados pelos Correios após o pagamento do licenciamento, que venceu em março. Quem não recebeu o documento deve entrar no site do Detran (detran.mg.gov.br/veiculos/situacao-do-veiculo/consulta-a-situacao-do-veiculo) e conferir se há alguma pendência como multa ou pagamentos atrasados. Nesses casos, o licenciamento não é liberado.
O Detran ainda informa que, em caso de blitz, o comprovante de pagamento não é o suficiente para substituir o certificado. Caso o motorista não encontre nenhuma pendência, o documento pode ter sido extraviado e o contribuinte precisa procurar o Detran “de preferência pessoalmente”, segundo a assessoria do órgão, em sua sede, na avenida João Pinheiro, 417, ou em uma delegacia de trânsito.
A partir de 1º de julho deste ano veículos que tenham a placa com final de 6 a 0 também serão obrigados a portar o CRLV. Segundo o Detran, porém, os motoristas nesta situação poderão consultar a situação do veículo no site do departamento a partir de 13 de junho.

Ludmila Pizarro/OTempo