Segundo amigos do Facebook, ela usava o secador quando levou choque. Ela chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu.
a2
Uma mulher, grávida de nove meses, morreu na noite desta terça-feira (31) após levar um choque enquanto usava um secador de cabelo. Segundo amigos de Camilla Silva Andrade, de 26 anos, ela era casada e o parto do primeiro filho do casal estava marcado para quinta-feira (2). Alice seria o nome do bebê.
Segundo pessoas próximas à Camila Andrade, ela estaria molhada e descalça no momento em quem levou o choque. Ela teria sido encontrada já desacordada dentro do banheiro por familiares que estavam na residência.
Camilla Andrade foi levada inconsciente, porém com vida, para o Hospital de Clinicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). Ao dar entrada na unidade, os médicos tentaram reverter o quadro de inconsciência e salvar o bebê, mas Camilla Andrade sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu. O bebê não resistiu e também morreu.
Elas foram veladas, nesta quarta-feira (1º), em uma igreja no bairro Minas Gerais, zona norte de Uberlândia, e sepultadas no cemitério Campo do Bom Pastor.
Cuidados
O engenheiro eletricista Gustavo Castro Vasconcelos disse que é importante tomar alguns cuidados durante o manuseio de equipamentos elétricos dentro do banheiro ou em locais molhados. “Casos mais comuns e que nunca devem acontecer são quando a pessoa usa o secador ou pranchas enquanto está dentro de uma banheira. A corrente elétrica do equipamento, em contato com água, causa um curto circuito e a pessoa pode morrer com o choque”, disse Vasconcelos.
Ele ainda disse que as pessoas devem tomar cuidados com fios desencapados, não encostar na parte de metal do plugue de tomadas quando for tirá-lo ou colocá-lo e usar chinelos de borracha dentro do banheiro, que podem ajudar e isolar a eletricidade no caso de algum curto circuito. “Mas o mais importante mesmo é que as pessoas evitem usar equipamentos eletrônicos em ambientes molhados. Não use esses equipamentos próximos ao chuveiro ligado”, afirmou.
Familiares e amigos durante sepultamento de Camilla Andrade (Foto: Cleiton Borges)
Familiares e amigos durante sepultamento de Camilla Andrade (Foto: Cleiton Borges)