Com aplausos e muita emoção a Chama Olímpica chegou em Uberlândia e a primeira tocha foi acessa exatamente às 18h38 ao som do Hino Nacional Brasileiro. A cerimônia de início do percurso aconteceu no Ginásio do Sabiazinho e reuniu autoridades, atletas e o público que prestigiou todo o momento histórico.A primeira carregadora a empunhar um dos principais símbolos olímpicos foi a uberlandense Karolina Cordeiro e seu filho Pedro.Ela ficou conhecida nacionalmente por praticar esportes empurrando a cadeira de rodas seu filho, que possui doença rara, tornando-se um símbolo de superação e garra. “Sentimento de felicidade, de amor, de união.

Que o espirito olímpico contagie Uberlândia com essa chama e leve a todos os coração muita paz e hamornia e muita vontade de fazer esportes”, disse Karolina.Após exibir o símbolo olímpico no Ginásio do Sabiazinho a tocha foi conduzida para a parte de fora e a chama foi passada para o triatleta, também uberlandense, Rafael Farnezi.

Saindo do complexo do Parque do Sabiá, a tocha entrou no bairro Santa Mônica onde seguiu para realizar todo o percurso.A chama olímpica veio da cidade vizinha de Araguari (MG) para o Ginásio do Sabiazinho em Uberlândia.

No local, o público aguardava assistido a apresentações de música, de academias de artes maciais e aos alunos de ginástica olímpica da Fundação Uberlandense de Turismo, Esporte e Laser.