Uberlândia está entre as quatro cidades brasileiras que disputam a escolha para sediar um projeto piloto de pesquisa sobre Mobilidade Urbana com foco em Eficiência Energética. O estudo terá duração aproximada de três anos e será realizado através de um acordo de cooperação entre o Brasil e Alemanha mais as cidades escolhidas, que deverão ser apresentadas em até duas semanas. Ao todo, 70 cidades brasileiras se inscreveram e apenas duas receberão o projeto piloto.

A escolha das cidades está sendo realizada pelo Ministério das Cidades e pela empresa pública alemã GIZ. Na manhã desta sexta-feira (1º), técnicos e consultor das duas entidades se reuniram na Prefeitura de Uberlândia para apresentar o projeto.

A Secretaria de Trânsito de Transportes (Settran) apresentou os projetos de mobilidade urbana já desenvolvidos na cidade, como o Sistema Integrado de Transportes (SIT) e os novos corredores estruturais de ônibus. No período da tarde, acontece as visitas a campo para que os técnicos possam conhecer as estruturas.

Uberlândia tem interesse em ser a escolhida. Para o assessor de transportes da Settran, Divino dos Santos, o projeto auxiliará na administração de tudo que já vendo sendo empreendido em Uberlândia.

Segundo o analista de infraestrutura da Secretaria Nacional de Transporte e Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Diogo Santos, o projeto será de cooperação técnica e o investimento financeiro será aplicado em pesquisa e conhecimento e não em execução de obras. O projeto, assim que concluído, servirá de base para diversas cidades do Brasil, especialmente na área de gestão.

Secom
.

Fonte: Gazeta de Uberlândia