“Ele está no banheiro com a gente, ele está aqui para nos matar”, esta foi a última mensagem recebida por Mina Justice de seu filho Eddie Justice, de 30 anos, que estava na boate Pulse, em Orlando, durante o tiroteio da madrugada deste domingo (12). Eddie estava escondido no banheiro. Além de relatar o horror vivido pelas vítimas, o jovem se despediu da mãe.

“Mãe, eu te amo. Estão atirando no clube”, disse ele.

As imagens da conversa foram mostradas durante entrevista para a emissora de televisão WFTV.Eddie ainda pediu para a mãe entrar em contato com a polícia.

“Ele está vindo. Eu vou morrer”, completou segundos depois.

“Eles disseram para permanecer em um local que ninguém te machuque”, respondeu Mina.Logo em seguida, o jovem conta que o atirador havia entrado no local onde ele estava escondido.

“Ele está no banheiro com a gente, ele está aqui para nos matar”.Mina ainda aguarda informações sobre o paradeiro do filho.

Veja a conversa completa:(*) Reprodução/O Popular
.

Fonte: Gazeta de Uberlândia