O cantor Marrone, que completou 50 anos no fim do ano passado, perdeu o pai na tarde deste sábado (16). Vicente Domingos Ferreira tinha 83 anos e estava internado em Goiânia.
O sertanejo, que forma dupla com Bruno, estava no Nordeste e foi para a Capital de Goiás assim que recebeu a notícia.

O parceiro dele irá cumprir a agenda do show de hoje, que será em Teresina(PI).
O pai de Marrone estava internado há alguns dias com insuficiência cardíaca, pneumonia e derrame nos pulmões.

No sábado sofreu uma parada cardíaca e faleceu.
O velório será no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia.

O sepultamento será realizado no domingo (17), em Buriti Alegre, também em Goiás, cidade natal de Marrone e do pai.
Cantor contratou motorista indiciado por morte de Cristiano Araújo
O sertenejo Marrone contratou no fim de 2015 Ronaldo Miranda, que dirigia o carro de Cristiano Araújo no acidente que vitimou cantor e a namorada, Allana Morais, em junho do ano passado.

Apesar de ter sido indiciado pela morte do casal, o motorista ganhou a confiança do cantor que decidiu dar um emprego para ele. “O Ronaldo é um amigo meu.

Já o conhecia desde quando trabalhava com o Cristiano. É um cara bacana, a gente já tinha uma amizade bacana, toda semana jogava bola juntos, eu, ele e o Cristiano.

O Cristiano amava ele, ele amava o Cristiano, então tudo o que aconteceu foi uma fatalidade. O Ronaldo é uma pessoa do bem, tem família para cuidar, então ele merece uma chance.

O Brasil inteiro tá apoiando ele, dando carinho. Ele não tem culpa de nada disso que aconteceu.

Ele está como meu secretário, fazendo tudo, e dirige também”, disse Marrone – que já tinha dito ter sonhado com Cristiano – em entrevista ao “TV Fama”, da RedeTV!.
.