Zezé Di Camargo preferiu apagar a postagem que fez na manhã desta quarta-feira (1º), na qual criticava o preço da conta pelas bebidas que consumiu em um bordel, avaliadas em R$ 5 mil. Com um novo post no Instagram, o cantor decidiu esclarecer a ida ao local, localizado em São Paulo, com a namorada, Graciele Lacerda, que agora trabalha em sua equipe de produção.
“Como poucos entenderam o que quis dizer no meu último post, prefiro recomeçar do zero.

Eu e a minha namorada fomos ao Scandallo, uma casa noturna de São Paulo, para nos divertir. Como tantos casais, interessava, a nós, dançar, brindar, rir e, como confesso observador da alma humana, assistir um pouco do comportamento alheio, por que não?”, iniciou o sertanejo, que tem como ritual antes e depois de seus shows beijar a namorada.

“Estávamos lá como espectadores, bem entendido. O Scandallo tem tudo isso e opções para quem quer mais, como representantes daquela que é tratada como a mais antiga profissão do mundo.

Cada um na sua, há diversão para todos os gostos. A nossa não esbarrava em nada que não dissesse respeito a nós dois”, disse Zezé, que já chamou de “lixos” os seguidores da ex-mulher, Zilu.

O cantor elogiou a casa noturna, mas manteve a crítica ao alto valor cobrado pela bebida. “Assim como respeito as opções de cada um, eu me senti sinceramente desrespeitado como consumidor, ao receber uma conta que estimava em R$ 5 mil por duas garrafas de Perignon.

Não espero encontrar preços que são uma pechincha num lugar como esse, mas, francamente, é um abuso, uma exploração que me incomoda bastante e ultrapassa todos os limites do bom senso. Esperava não estar cometendo nenhum pecado para ter de pagar tão mais caro por uns drinks.

Mas, se assim a casa entende que deva tratar seus clientes, que pena, porque a balada de lá é muito boa e muita gente deveria curtir”, encerrou Zezé.
(Por Caroline Moliari)
.