Em entrevista ao crítico de TV Maurício Stycer, do UOL, para promoção do filme  do qual faz parte, “De Onde Eu te Vejo”, a atriz Denise Fraga comenta sobre a atual “safra” de filmes cômicos, e o porquê de investirem tanto no gênero.
“Eu acho que a gente vive uma espécie de ‘ditadura da comédia’. Eu tenho fé no humor como agente de reflexão… É uma ferramenta muito boa pra você fazer a pessoa se vê de fora, e eu acho que através dele, a gente chama a pessoa para a inteligência, mas eu acho que muitas vezes a pessoa prefere arriscar seu dinheiro numa comédia ruim, e não se diverte, e perde um divertimento com uma história boa que não tinha aquela proposta de coméééédia(dá ênfase na palavra) explícita, mas que ela ia se divertir muito mais, e até rir  mais, se era esse o propósito”.

Sobre seus últimos trabalhos, ela declara: “A gente não faz comédia porque acha que não venderia se assim não fosse, acho que eu já passei dessa fase”, diz, sobre o fato de preferir o gênero, não apenas para  cativar pelo riso, mas, também,   como forma de potencializar  a mensagem final que chega ao público.

.

Fonte: TV Foco