Amigos e familiares de Umberto Magnani compareceram nesta quinta-feira (28) ao Teatro de Arena Eugênio Kusnet, em São Paulo, para se despedirem do ator. Magnani não resistiu a um AVC hemorrágico que sofreu na segunda, dia de seu aniversário, e morreu, aos 75 anos, na quarta-feira. O velório, que estava marcado para começar às 8h, teve seu início atrasado em aproximadamente três horas, após a chegada do corpo que foi transportado do Rio de Janeiro à capital paulista.

Irmão do ator, Gil Magnani disse ele sempre procurava alegrar as pessoas ao seu redor. “Umberto era sempre alegre, estava sempre contando piada, apoiando, prestigiando.

Ele aumentava um fato para fazer as pessoas rirem. No teatro, na TV, ele era o centro das atenções.

Ele era bondoso, muito bondoso e acolhedor. Acolhia todo mundo.

Ele sempre mantinha a família unida”, afirmou. “Era sempre um carinho.

Nunca vi tanta homenagem para uma pessoa na TV, não imaginava que ele era tudo isso”, falou surpreso. Depois da cerimônia, o corpo segue para o Palácio da Cultura Umberto Magnani Netto (R.

Conselheiro Dantas, 220 – Bairro São José, Santa Cruz do Rio Pardo), na cidade natal do ator, Santa Cruz do Rio Pardo para mais despedidas. O sepultamento será na sexta, às 9h, no Cemitério Municipal de Santa Cruz do Rio Pardo.

Magnani era casado com Cecília Maciel Magnani e deixa três filhos, Ana Julia Magnani, Beto Magnani, Graciana Magnani, e duas netas.Biografia
.

Fonte: Uol Televisão