Um dos mais aclamados autores da dramaturgia brasileira, Aguinaldo Silva, criador de  novelas como  “Tieta”, “Senhora do Destino”, “Vale Tudo”, entre outras séries, sempre se mostra língua solta, seja para “cutucar” desafetos, ou falar de sua vida particular.
Ele, que já chegou a declarar que trabalhava “como um burro de carga” na época de sua mais recente novela, “Império”, voltou a causar  nas redes ao afirmar que o sexo já não o atrai mais como antes.
“Eu poderia falar, por exemplo, de sexo… Se ainda exercesse o metiê, o que não é mais meu caso.

Depois de 50 anos de atividade, a gente descobre que quem já viu uma viu todas e aí dá um enfado, uma preguiça de tirar a roupa de graça…”, disse o veterano, que completou, sobre uma ipótese de o sexo bater à sua porta: “eu não deixo que ele entre por menos de 20 mil euros”.

.

Fonte: TV Foco