Rodrigo Santoro está prestes a voltar às telonas interpretando Jesus no filme”Ben-Hur”, que estreia nos cinemas na próxima quinta-feira (18). Com aparições esporádicas na TV brasileira (a última foi na primeira fase de “Velho Chico” após um longo período fora das novelas), é sabido que o ator tem se dedicado mais a consolidar sua carreira internacional.
Apesar disso, o ator disse, em entrevista à revista Quem , que a língua inglesa é um “corpo estranho”.

“É uma língua estrangeira à minha natureza. Não aprendi inglês quando eu era pequeno, fui aprender depois dos 20 anos, por isso, a língua inglesa é um corpo estranho, um obstáculo: não me expresso em inglês da mesma forma que me expresso em português.

Senti muito quando fiz Velho Chico, senti uma liberdade muito grande de falar com a minha cultura e meu país. Foi muito libertador e gratificante”, disse.

Sobre sua participação na trama das 21h, ele afirmou que não criou expectativa quanto ao seu personagem. “Procuro nunca criar expectativas, porque, no trabalho do artista, a gente precisa lidar com altos e baixos, com frustrações o tempo todo.

Ainda mais no meu caso, porque sou um freelancer: cada hora faço uma coisa, faço testes, não passo, às vezes um filme que ia acontecer em agosto acontece só em novembro… Eu já estava flertando com a televisão havia um tempo, queria muito fazer uma novela de novo, para ter esse tipo de contato com o público. E com esse trabalho: gravar 15 cenas por dia.

Esse ritmo me coloca num lugar menos confortável, mas me impulsiona e me desafia, mexe com as coisas que adormecem dentro da gente e deixam a gente acostumado”, disse.

.

Fonte: TV Foco