O apresentador Geraldo Luís acabou falando o que não devia no domingo passado, dia de votação pelo Impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, quando a Record teve que interromper o seu programa para cobrir o evento.
Ele fez um desabafo, ao reclamar da postura da emissora em “picotar” seu programa, que ficou menos tempo no ar do que o de costume. Ele não gostou nada da decisão e deixou claro sua insatisfação enquanto estava ao vivo, para quem quisesse ouvir.

Em seguida, ele foi suspenso da edição do “Domingo Show” da semana que vem, quando será substituído por Luiz Bacci. Mas de acordo com o jornalista Thiago Rocha, durante o “A Tarde é Sua” de hoje, essa suspensão pode ser permanente.

A insatisfação, tanto da parte dele quanto da emissora, pode fazer o jornalista “chutar o balde” e migrar para o SBT, principal concorrente da Record. Há algum tempo, Geraldo já chegou a ser sondado pela emissora de Silvio Santos, e essa é uma oportunidade.

Vale lembrar que Celso Portiolli também vem mostrando pouco interesse pelos domingos do SBT, e poderá terminar apenas nas noites de sábados, com o seu “Sabadão”. Enquanto isso, Luiz Bacci, na Record, sonha em ter seu próprio programa de auditório.

Por enquanto, tudo são apenas rumores.

.

Fonte: TV Foco