Na tarde deste sábado (16), Luciano Huck resolveu dar espaço a um grupo de haitianos que havia protestado contra o apresentador na última semana. A insatisfação dos rapazes aconteceu em função de um artigo escrito pelo global em que falava sobre sua experiência no Haiti, exaltando basicamente os conflitos e crises sociais.
“Logo depois que eu voltei do Haiti, eu escrevi um artigo para o jornal ‘O Globo’ para relatar a experiência que eu vivi por lá, que foi super impactante para mim.

Em função disso, eu fui convidado pela turma do esporte para fazer uma participação especial no ‘Show do Intervalo’, no jogo do Brasil e do Haiti. Alguns dias depois, eu me deparei com um vídeo gravado por um grupo de haitianos e, assim, me fez refletir [sobre o assunto]“, explicou o apresentador.

No vídeo que ilustra a campanha, os haitianos afirmam que Huck, mesmo que sem querer, prejudicou o turismo do Haiti. Um deles mandou o recado: “Somos humanos antes de ser haitianos ou brasileiros”.

Outro motivo de descontentamento do grupo foi um comentário de Luciano Huck, que concluiu que “a humanidade não deu certo” após visitar o país. As imagens da reportagem mostram exclusivamente o bairro de Cite Soleil, na capital Port-au-Prince, lugar que enfrenta graves problemas sociais.

Algumas das cenas gravadas seriam de 2004, quando o Haiti vivia o auge de sua instabilidade política, e de 2010, ano em que o país foi alvo de um terremoto.
No palco, os convidados tiveram espaço para que pudessem falar da terra natal.

“Eu percebo que o Haiti é um país rico, com uma população acolhedora, mas com uma administração pobre. Precisamos vender a hospitalidade do país e isso daqui [a reportagem do ‘Caldeirão’] é uma oportunidade“, contou um deles.

“O país está sofrendo com a mídia internacional, que só vende a imagem ruim”, criticou outro.
Depois de um curto bate papo, o apresentador agradeceu a participação dos rapazes e ressaltou: “A intenção do meu convite ao trazer vocês aqui é de que estamos todos no mesmo barco, acho muito legítimo vocês defenderem a terra de vocês, uma imagem positiva do Haiti.

Todo mundo aqui quer tentar construir um lugar melhor no mundo e fiquei feliz de poder mostrarmos este outro lado”.

.

Fonte: TV Foco