Connor Walsh (Jack Falahee) e Oliver (Conrad Ricamora) (Foto: Reprodução)Assim como no Brasil, cena de sexo gay vira polêmica na Itália.
Um canal italiano causou polêmica no último fim de semana ao cortar uma cena de sexo gay do episódio piloto de “How To Get Away With Murder”. A emissora Rai Due editou uma cena na qual o personagem Connor Walsh, um estudante de direito homossexual, seduz seu namorado, Oliver (Conrad Ricamora), para conseguir informações para a defesa de Annalise (Viola Davis).

Um dos atores da série, Jack Falahee,  postou a cena cortada e a original juntas no Intagram e questionou: “Você realmente acha que o público na Itália não está ‘pronto’ para a vida real? Até o Vaticano começou a abrir os seus olhos”. Informações do Adoro Cinema.

Veja abaixo o vídeo postado por um internauta:
Trova le differenze:#leregoledeldelittoperfetto vs #HTGAWM@RestingPlatypus @violadavis pic.twitter.

com/HJsG196aRl
— Matteo Mizzoni (@Diconoche) July 8, 2016
Após repercussão internacional, o canal Rai Due anunciou que iria exibir o episódio na íntegra. Ao ser entrevistada pela mídia italiana, Ilaria Dallatana, diretora da Rai Due, não reconheceu a censura e reforçou com que o incidente foi apenas excesso de zelo de um editor.

Depois, a emissora pediu desculpas através do Twitter.
Caio Blat e Ricardo Pereira “totalmente apaixonados” em “Liberdade Liberdade” (Foto: TV Globo)Vale lembrar que no Brasil, foi ao ar na noite desta terça-feira (13), a tão comentada e aguardada cena de sexo gay protagonizada pelos personagens André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) em “Liberdade Liberdade”.

A sequência que já gerava bastante polêmica antes mesmo de ir ao ar, se tornou um dos assuntos mais comentados e foi em sua maioria elogiada pelos internautas.

.

Fonte: TV Foco