A intérprete de Maria em “Êta Mundo Bom”, sucesso no horário das 18h, a atriz Bianca Bin fala sobre as conquistas da mulher no século XIX e os desafios enfrentados pela sua personagem.
Na trama da novela, que se passa na década de 40, ela foi duramente criticada pela sociedade por ter engravidado antes de casar. Foi expulsa de casa pelo pai, que não aceitou a gestação de uma mãe solteira.

“Maria é uma mulher de muito caráter e força, numa época difícil. Escolher ter Alice numa situação tão complicada foi lindo”, completou a atriz.

Bianca disse também que acredita no empoderamento da mulher: “A representatividade da mulher na sociedade era muito pior. Melhorou, mas ainda não chegamos ao ideal.

Não acho que seja utopia”, contou em entrevista ao jornal Extra.
A atriz ainda sai em defesa de Dilma Rousseff, presidente afastada: “Dilma sofre pressão de qualquer forma, por conta do cargo.

Acho que há preconceito contra ela só por ser mulher”, exemplificou.

.

Fonte: TV Foco