Rafael Cusato/Brazil News Bruno Gagliasso deixou elenco de “Supermax” Bruno Gagliasso não estará mais na versão internacional da série “Supermax”, da Globo. O ator, que interpretaria uma transexual, deixou a produção por conflitos de agenda, confirmou ao UOL a CGCom (Central Globo de Comunicação).  “Supermax” é uma nova série da Globo cujos protagonistas são confinados em uma prisão de segurança máxima para gravar um reality show.

A participação do ator havia sido confirmada em janeiro. Ele seria uma trans que almeja o prêmio de US$ 2 milhões para completar sua transição de gênero.

Uma vez confinada, porém, ela é obrigada a encarar o fato de que sua identidade talvez não esteja tão clara quanto gostaria. A versão nacional de “Supermax” irá contar com nomes como Mariana Ximenes e Cleo Pires e foi apresentada pela Globo na CCXP 2015.

Nela, 12 protagonistas, todos ex-criminosos, são confinados na cadeia e vigiados por câmeras, em uma espécie de “BBB” sombrio, apresentado por ninguém menos que Pedro Bial. Misteriosamente, no entanto, o apresentador some no primeiro dia, e os participantes são deixados no local, onde coisas sobrenaturais acontecem.

Versão internacional Filmada em espanhol, a versão internacional de “Supermax” será dirigida pelo argentino Daniel Burman (do filme “O Abraço Partido”), que também ocupará o cargo de showrunner da atração. No México, a produção será exibida pela TV Azteca.

O ator espanhol Santiago Segura foi escalado como o apresentador do reality. A Globo negocia com atores latinos conhecidos na região para outros papeis.

Entrevistado pela “Variety”, Ricardo Scalamandre, diretor de negócios internacionais na Globo, explicou a opção por fazer uma versão internacional da trama, além da nacional: “Nós percebemos que, independente de ter uma série brasileira, com atores brasileiros e exibição no Brasil, nós tínhamos uma história universal incrível e uma grande ideia para fazer uma série totalmente voltada ao mercado internacional”.
.

Fonte: Uol Televisão