Foto: divulgação.Desde que  saiu do SBT, onde era assistente de palco do “Passa Ou Repassa” e foi pra a Globo, quando começou em “Belíssima”, a atriz Paolla Oliveira é marcada por ter feito mocinhas dramáticas, a popular “mocinha chorona”.
Foi assim em “O Profeta”, “Insensato Coração” e “Amor à Vida”, por exemplo.

Porém, segundo o que a própria atriz comentou no “Altas Horas” desse próximo sábado, ela gostaria mesmo é de fazer humor, e admira quem o faz.
“É muito difícil fazer rir, mas eu tenho vontade.

Eu tive poucas oportunidades e tiro o meu chapéu para quem faz isso com tanta destreza”, disse a musa, que completou:  “Desde a primeira, eu estou sempre chorando e arrasada. Não é fácil chorar, mas você acaba descobrindo os caminhos que te levam com mais facilidade à emoção”.

.

Fonte: TV Foco