surpreendeu os fãs ao apresentar seu yorkshire Mike, de dois anos e sete meses. A modelo, que foi , realizou  um chá da tarde “bom para cachorro” no Padocão, em uma padaria especializada em cães, em São Paulo. Durante fala com a imprensa, revelou que gasta, mensalmente, cerca de R$ 600 em ranções para o cãozinho.

“Eu o faço feliz e ele me tornou uma pessoa melhor. É um ser que depende de mim, então me tornei responsável. Posso estar chateada e doente, mas tenho de levar ele para passear, dar ração, ver se tem pulga, levar na veterinária. Ele é extremamente carinhoso, dorme de conchinha comigo e acorda me lambendo. Mike é meu filho, meu despertador, meu motivo de alegria sempre”, conta.

Mike possui uma conta no Instagram e tem 10,9 mil seguidores. “As pessoas adoram! Mas ele merece, é um cachorro extremamente amável e muito mimado. E pessoalmente ele não estranha ninguém, é muito dócil”, acrescenta a bela ao falar sobre a sexualidade do cachorro. 

“Coloquei o Mike para cruzar duas vezes e ele não consegue finalizar o ato porque, segundo a veterinária, é muito mimado. Então a gente brinca que ele é gay e é feliz assim”, disse.

Geisy Arruda e Mike (Crédito: Iwi Onodera / EGO))
Geisy Arruda e Mike que recebeu um amiguinho (Crédito:  Iwi Onodera / EGO))

Geisy Arruda e Mike que recebeu um amiguinho (Crédito: Iwi Onodera / EGO))
Geisy mima Mike (Crédito: Iwi Onodera / EGO)

Geisy mima Mike (Crédito: Iwi Onodera / EGO)