Cecil Thiré venceu, mais uma vez, o processo que move contra a Record na Justiça. Na última terça-feira (3), a 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho manteve a decisão que obriga a emissora a reconhecê-lo como ex-funcionário.
O filho da atriz Tônia Carreiro revindica direitos trabalhistas como anotações em sua carteira de trabalho e outras obrigações previstas em lei.

O despacho mostra que Cecil teve o seu salário reduzido em duas ocasiões: entre março de 2009 e agosto de 2010, quando deveria receber R$ 43 mil mensais, e em outubro de 2012, quando os vencimentos chegariam a quase R$ 51 mil.
Em fevereiro deste ano, Thiré já havia vencido em primeira instância na 65ª Vara do Rio de Janeiro.

O valor da indenização ainda não foi definido. No entanto, especula-se que seja em torno de R$ 1,2 milhão.

.

Fonte: TV Foco