André e Tolentino totalmente apaixonados (Foto: TV Globo)Foi ao ar na noite desta terça-feira (13), a tão comentada e aguardada cena de sexo gay protagonizada pelos personagens André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira). A sequência que já gerava bastante polêmica antes mesmo de ir ao ar, se tornou um dos assuntos mais comentados e foi em sua maioria elogiada pelos internautas.
No capítulo que foi ao ar, abalado com todas as humilhações que vem sofrendo, Tolentino recebeu a visita de André, que foi consolar o amigo.

O coronel ficou emocionado com o carinho do fidalgo. “Tenho um só amigo.

Você, André. Que é sensível.

Consegue entender os mistérios da vida”, disse ele. “Inclusive as surpresas sobre nós mesmos? ”, respondeu André.

  Em um singelo momento de total cumplicidade e intimidade, os dois deixaram para trás as dúvidas e temores e se entregaram ao forte amor que sentem um pelo outro.
Assista a cena:
Veja alguns dos melhores comentários:

Lindíssima cena em #LiberdadeLiberdade hoje.

Parabéns a Caio Blat, Ricardo Pereira e todos os envolvidos. pic.

twitter.com/cqwrKT5dqc
— Monica Iozzi (@Srta_Iozzi) 13 de julho de 2016

eu no enterro da família tradicional brasileira #LiberdadeLiberdade pic.

twitter.com/O4IPKq4QM6
— miguelitao (@migueIitao) 13 de julho de 2016
O capítulo já valeu a pena por esse dois lindos, cena linda, parabéns à todos os envolvidos.

#LiberdadeLiberdade pic.twitter.

com/XuHDOxxmDw — massafera (@eumassafera) 13 de julho de 2016

A bunda do Ricardo Pereira não sei o que dizer só sentir #LiberdadeLiberdade pic.twitter.

com/Ixnf6OJd1w — Sou Amarga (@sou_amarga) 13 de julho de 2016

Vendo homofobicos postando textão sem nexo pra justificar o seu preconceito. #LiberdadeLiberdade pic.

twitter.com/t9TmCcyJGs
— Gabriel Alves (@eGabrielAlves) 13 de julho de 2016

Marco Feliciano chora sangue #LiberdadeLiberdade pic.

twitter.com/mARSyhc8Hz
— Beth Moreno (@bethmoreno) 13 de julho de 2016
Liberdade, Liberdade é uma novela de Mario Teixeira baseada em argumento de Marcia Prates, livremente inspirada no livro “Joaquina, Filha do Tiradentes”, de Maria José de Queiroz.

A direção artística é de Vinícius Coimbra.

.

Fonte: TV Foco