Ele até  pode estar tentando, mas as polêmicas não param de surgir envolvendo o nome do ator Charlie Sheen. Se ele resolveu declarar em um programa de TV para quem quisesse ver e ouvir que era soropositivo, a fim de se livrar de chantagens financeiras e ameaças, novos problemas circulam sobre o ex-astro de “Dois Homens e Meio”/”Two nd a Half Men”.
A última, é que a polícia de Los Angeles revelou ter aberto uma investigação contra o ator no dia 31 de março, segundo a agência de notícias AFP; ele teria ameaçado de morte a ex-atriz Scottine Ross, conhecida como Brett Rossi, que era sua noiva em 2014, porém, o casamento, de fato, nunca aconteceu.

 Scottine também entrou com um processo de R$ 18,5 milhões contra Sheen alegando que ele não declarou ser soropositivo  antes de se relacionarem sexualmente sem proteção, havendo eles tido 5 relações .
Pra piorar a situação do ex-astro de Hollywood, a revista “Viriety” revelou a existência de uma fita de áudio de 35 minutos na qual Sheen estaria ameaçando contratar um assassino de aluguel por R$ 74 mil para matar a ex-noiva.

Ainda segundo a magazine, a fita já está sob poder da polícia e  teria sido gravada por uma ex-amante do ator.
Sheen ainda não se pronunciou sobre o caso.

.

Fonte: TV Foco