Parece que Geraldo Luís não tinha muitos amigos na Record. De acordo com o jornalista Ricardo Feltrin, os colegas de emissora do apresentador, ouvidos pela sua coluna, afirmam que as chances agora são quase zero dele voltar ao ar na emissora.
Segundo a apuração, o canal estuda até liberar o artista do pagamento de multa contratual, caso ele queira ir para outra emissora, após o vexame ao vivo que ele causou há dois domingos, quando criticou, no ar, os cortes em uma reportagem.

Esses cortes foram por um bom motivo, já que no dia em questão, acontecia a votação pelo Impeachment de Dilma Rousseff, e o jornalismo da emissora precisava cobrir o acontecimento. Ele então foi suspenso e agora, perdeu o programa.

Esses mesmos colegas de emissora, em conversa anônima, relatam que Geraldo se “deslumbrou” com a fama nos últimos anos, e começou a achar que era mais importante para a Record do que a realidade, e passou a agir de grosso modo.
E após as reclamações, ao invés de se desculpar publicamente, em suas redes sociais, ele preferiu mandar recados públicos de que está negociando com outra emissora.

Esses colegas ironizam, e dizem que ele pode conseguir perdão, caso se torne mais humilde.
Já dá até para imaginar que colegas são esses, não é mesmo?

.

Fonte: TV Foco