O programa “Conexão Repórter” deste domingo (24) promete ser bastante polêmico. O jornalístico de Roberto Cabrini entrevistará dois personagens que foram destaque no dia da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff, na última semana.
Jair Messias Bolsonaro, que é deputado federal pelo PSC do Rio de Janeiro, causou revolta em alguns setores da sociedade brasileira ao dedicar seu voto a Carlos Alberto Brilhante Ustra, que foi reconhecido pela justiça brasileira como torturador da época do regime militar.

Já Jean Wyllys, que também é deputado carioca, só que pelo PSOL, também causou revolta ao cuspir em Bolsonaro após declarar seu voto no plenário. Segundo Jean, Bolsonaro teria o empurrado e proferido contra ele palavras de baixo calão, o que não foi provado pelas imagens.

Neste domingo, a atração destacará a divergência de opiniões dos dois parlamentares. Eles, que são inimigos declarados, diferem em praticamente tudo o que pensam, e não apenas na esfera política.

O “Conexão Repórter vai ao ar neste domingo, logo após o “Programa Silvio Santos”, no SBT.

.

Fonte: TV Foco