Ora ou outra, Ana Furtado acaba virando alvo de parte do público da Globo que não aprova o seu desempenho em frente às câmeras. As críticas são reforçadas pelo fato da atriz e apresentadora ser esposa de Boninho, um dos principais diretores de núcleo da emissora carioca, algo que levanta teorias de “proteção” e “benefícios” para ela.
Atualmente, Ana vem comandando o “É de Casa”, ao lado de Tiago Leifert, Zeca Camargo, André Marques, Patrícia Poeta e Cissa Guimarães.

Ela também apresenta eventualmente o “Encontro”, sempre que Fátima Bernardes entra de férias ou tem algum imprevisto. Recentemente, também gravou uma participação especial em “Totalmente Demais”.

De acordo com o colunista Giovani Lettiere, apesar das teorias de “proteção” e “benefícios”, a apresentadora, ao contrário de outros profissionais, não recebe cifras milionárias da emissora. Ana fatura mensalmente cerca de R$ 120 mil, o que também não deixa de ser um bom salário.

Ana Furtado em “Totalmente Demais”. (Foto: Divulgação/TV Globo)

.

Fonte: TV Foco