(Crédito: Cauana Fernandes/SBT)O rock vai tomar conta do The Noite desta terça, 26 de abril. Danilo Gentili recebe o lendário Marky Ramone, único integrante vivo da formação original dos Ramones, que está no Brasil para lançar sua autobiografia “Minha Vida Como Um Ramone” e para shows em São Paulo, Rio e Porto Alegre. Ele fala na entrevista sobre os 40 anos de lançamento do álbum “Ramones”, sua entrada na banda, sobre ter conhecido Jimmy Hendrix e Jim Morrison e outras curiosidades de sua carreira.

Durante o papo, Danilo também chama ao palco o vocalista do “Capital Inicial” Dinho Ouro Preto para falar sobre a parceria que terá com Marky durante sua passagem pelo país e os dois tocam juntos ao final da entrevista. O apresentador ganha ainda baquetas de presente de Marky e pede a ele que o ensine a girá-las entre os dedos.

Confira as melhores frases da entrevista:
·         Sinto falta dos meus colegas da banda. Ficamos juntos por anos.

Vou sempre viver com esse fardo, mas lembro das épocas boas e de como nós nos divertimos como banda.
·         Nesse momento não tem ninguém que eu admire tanto.

Todas pessoas que eu admiro já morreram.
·         Eles me convidaram para fazer aquelas coisas mas eu era jovem demais, no outro dia eu tinha que ir para a escola.

Eles estavam bem chapados. Contei para os meus amigos que conheci Jimmy Hendrix e  eles não acreditaram.

(sobre ter conhecido Jimmy Hendrix e Jim Morrison em um bar)
·         Muitas bandas naquela época eram muito parecidas. Quando esse primeiro álbum saiu as bandas queriam tocar como nós por causa da simplicidade.

(sobre o primeiro álbum dos Ramones)
·         Recentemente disseram que o baterista é como um atleta. Acho que gasto mais calorias do que quando toco guitarra.

Quando não estou em turnê toco quatro vezes por semana, duas horas por dia para manter o fôlego.
·         Eles precisavam de um baterista porque o Tommy queria produzir e gostaram do meu jeito de tocar.

(sobre sua entrada na banda)
·         O Michale é ator, cantor e gosta de tocar. Eu respeito isso, ele tem sua própria ambição de vida.

Ficamos juntos por três anos, foi muito divertido. E agora quero uma pessoa diferente.

(sobre sua parceria com Michale Graves)
·         Quando eu era jovem eu comi comida de cachorro e era boa. Colocava um pouco de sal, pimenta, dava aquela mexida com óleo de oliva e começava a latir.

(sobre já ter comido comida de cachorro)
·         Eu tenho uma empresa de alimentos e faço molho para macarrão. Tenho um molho de pimenta aqui no Brasil, é receita própria e uma parte dos lucros vai para a caridade.

·         Eu tenho minha própria cerveja também. Uma parte do lucro dela também vai para outra instituição de caridade.

Não ligo muito para dinheiro.
·         É mais uma estátua.

Eu deixo em uma estante no banheiro. (Sobre o prêmio “Rock and Roll Hall of Fame”)
·         Nós somos muito gratos ao Green Day por eles terem tocado as músicas.

(Sobre o prêmio “Rock and Roll Hall of Fame”)
·         Tem umas músicas novas, tem um cantor novo que é incrível. Nós vamos tentar cantar 40 músicas, então vai ser um show longo.

Cerca de uma hora e quarenta minutos sem parar. (sobre os shows no Brasil)
·         Gosto de tocar com pessoas diferentes de países diferentes.

·         Eu já caí do palco também, não é bom. Minha cadeira estava muito próxima do final da plataforma.

Foi de mais ou menos um metro e pouco. Torci a perna, mas acontece mesmo.

As pessoas achavam que eu estava bêbado e eu nem bebo. (fala a Dinho Ouro Preto quando Danilo brinca com o fato de que ele já caiu do palco)
(Crédito: Cauana Fernandes/SBT)O The Noite com Danilo Gentili vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir da meia noite, no SBT.

.

Fonte: TV Foco