Debora Bloch mostrou toda sua atitude na nova capa da revista 29HORAS. Cheia de opinião, a atriz contou que é favor do aborto e da legalização das drogas.
“Acredito mesmo que o aborto deve ser legalizado.

Não por mim, por que eu faço parte de um grupo de mulheres que se precisar recorrer a isso, vai ter recurso para fazer com segurança. Mas a maioria das mulheres morre fazendo aborto”, disse Debora Bloch.

“A ONU colocou o aborto como direito humano. Eu não sou a favor, não faço apologia a isso.

Nenhuma mulher quer abortar, quando toma essa atitude é por falta de escolha. Sou a favor do direito ao aborto, de fazê-lo de forma segura, caso a mulher precise dele.

E só tem um jeito disso acontecer: legalizar”, acrescentou a atriz.
Ainda para à revista, Débora afirmou que a população vive sob a violência do tráfico e com a legalização isso pode ser melhorado.

“A fase da Lei Seca nos Estados Unidos, em que o álcool era proibido, levou aos gângsteres, à violência e à contravenção. O mesmo acontece no Rio com as drogas: os traficantes precisam estar armados para poderem fazer os negócios deles.

Na hora em que eles precisarem dar nota fiscal e pagar imposto, não precisam de arma”, disse.

.

Fonte: TV Foco