Dedé Santana no “Domingo Show” (Foto: Reprodução)O humorista Dedé Santana foi o destaque do “Domingo Show” de ontem (15), e conversou com o apresentador Luiz Bacci, com quem falou sobre sua trajetória de vida, fez desabafos, e revelações sobre a sua intimidade, inclusive sobre a crise financeira que enfrenta.
Aos 80 anos, ele disse que sua casa em Itajaí, onde mora, está à venda para cobrir o pagamento de outra casa no Rio, e contou que a venda do imóvel estava avaliada em R$ 2 milhões, mas o comprador saiu do país e não cumpriu o acerto, deixando o comediante na mão.
“A minha casa estava praticamente vendida e a pessoa que a comprou se mudou para os Estados Unidos.

Ia comprar e não comprou. Eu preciso vender esta casa [em Santa Catarina] para pagar a do Rio.

Todo o dinheiro que eu juntei do meu trabalho, investi nesta casa”, explica.
Ele falou também sobre a situação de ex-Trapalhões como Mussum e Zacarias, que assim como ele, perderam tudo por conta de algumas pessoas que administraram o dinheiro.

“Pegamos uns caras que estavam administrando o dinheiro, pegavam o dinheiro do imposto de renda e não pagavam. E assim nós ficamos sem nada”, contou.

E sobre Renato Aragão, ele conta que os dois ainda são amigos, mas houve ingratidão por sua parte. “Pode até ser que sim, que eu tenha sido ingrato com o Renato.

Já pedi desculpas a ele, sim. Eu já precisei de dinheiro e pedi ao Renato Aragão.

Precisei, e não era pouco, e ele deu na hora”, revelou.
“Ele escrevia, organizava.

Se não fosse ele, o grupo não existiria”, disse ele sobre a importância de Renato para “Os Trapalhões”.

.

Fonte: TV Foco