Reprodução/TV Record Dedé Santana põe mansão à venda e diz ter perdido todo dinheiro que juntou Devido a dificuldades financeiras, Dedé Santana, ex-integrante do humorístico “Os Trapalhões”, revelou na tarde deste domingo (15) que colocou a sua mansão em Florianópolis (SC) à venda para cobrir um rombo de uma outra casa sua. O comediante explicou em entrevista que havia combinado a venda do imóvel para uma pessoa, mas que, no fim das contas, o indivíduo se mudou para os Estados Unidos e não cumpriu o acerto. Dedé não revelou valores do negócio.

“A minha casa estava praticamente vendida e a pessoa que a comprou se mudou para os Estados Unidos. Ia comprar e não comprou”, reclamou o humorista em entrevista concedida ao programa “Domingo Show”, da TV Record.

“E eu já tinha comprado uma outra casa no Rio. Eu investi todo o meu dinheiro nesta casa.

Eu preciso vender esta casa [en Santa Catarina] para pagar a do Rio. Todo o dinheiro que eu juntei do meu trabalho, investi nesta casa”, completou.

Embora tenha trabalhado e feito sucesso estrondoso com “Os Trapalhões”, Dedé garantiu que ele, Mussum e Zacarias “perderam tudo” devido a algumas pessoas que administraram o dinheiro. “Os três perderam tudo.

Nós pegamos uns caras que estavam administrando o dinheiro, pegavam o dinheiro do imposto de renda e não pagavam o imposto de renda. E, assim, nós ficamos sem nada”, contou.

Exibido pelas redes Tupi, Record e Globo, a série “Os Trapalhões” foi composta pelo quarteto Renato Aragão, Dedé Santana e, mais tarde, Mussum e Zacarias. O humorístico ficou no ar por 18 anos, entre março de 1977 e agosto de 1995.

Após 20 anos de parceria, Zacarias foi o primeiro do elenco a morrer, em 1990, vítima de uma insuficiência respiratória, em decorrência de uma infecção pulmonar.”O Zacarias para mim era o grande ator, era um tremendo apaziguador.

Qualquer ‘rusguinha’ que tinha em nosso grupo, ele falava ‘não, espera aí, não é bem assim'”, disse Dedé. Quatro anos depois foi a vez de Antônio Carlos, o Mussum.

Ele faleceu aos 54 anos, em 1994, em decorrência de problemas no coração.Dedé e Didi Ainda durante a entrevista, Dedé afirmou que sempre que precisou Renato Aragão o ajudou .

“Eu já precisei de dinheiro e pedi ao Renato Aragão. Precisei, e não era pouco, e ele deu na hora”, disse Dedé.

Nas redes sociais, o jornalista Luiz Bacci, que conduziu a entrevista, foi acusado por internautas de tentar colocar Dedé e Didi um contra o outro. “O @luizbacci coloca palavras na boca do entrevistado! ficou o tempo todo jogando o Dedé Santana contra o Renato Aragão e a rede globo!”, disse uma internauta.

“Ridícula essa @tvrecord massacrando o coitado do Dedé Santana e buscando intrigas com o Didi”, afirmou outro. 
.

Fonte: Uol Televisão