Lauro Cesar Muniz estava na Globo Lauro César Muniz que escreveu diversas novelas na Record nos últimos dez anos, teria o que muitos poderiam chamar de “volta triunfal”. Isso porque, o autor de novelas deixou a Record no ano passado caminho a Globo. Sua entrada aconteceu em setembro, no entanto 6 meses depois, o autor que integraria o time de autores da emissora, acabou sendo demitido.

Apesar de seu desligamento, Lauro que concedeu uma entrevista para a UOL, afirma considerar justa tal decisão do canal:
“Fiquei surpreso porque a iniciativa de voltar à TV Globo não foi minha, mas de um diretor artístico que me convidou. Tudo parecia absolutamente certo.

No entanto, entendi o ponto de vista de quem me deu a notícia de que a minha volta não seria possível agora em vista da crise político-econômica do país. Houve uma decisão geral sobre contratações.

E eu não seria exceção. Achei justa a explicação”, esclarece.

A notícia foi dada por Silvio de Abreu, Supervisor de Novelas na Globo. Por sinal, Lauro já estava trabalhando em cima do que a Globo lhe havia encomendado: uma novela das nove.

 “Escrevi seis capítulos e uma sinopse prevendo a história completa. É uma boa novela”, revela.

Na Globo, Lauro escreveu no passado sucesso como “O Casarão” (1976), “Roda de Fogo (1986), “O Salvador da Pátria” (1989) e a séries “Chiquinha Gonzaga” (1999) e “Aquarela do Brasil” (2000).

.

Fonte: TV Foco