Cunha tem relação com a carreira de Silvio Santos (Foto: Reprodução)Você deve saber que Eduardo Cunha é um dos grandes responsáveis pela crise que vivemos atualmente – por colocar em votação pautas bombas há anos arquivadas e protelar o impeachment em mais de um ano.
No entanto, talvez você não saiba que o político suspeito de receber propinas milionárias tenha causado estrago no Brasil há mais tempo que imagina, fato que o relaciona com Silvio Santos.
Isso porque descobriu-se que foi ele o responsável por tirar Silvio Santos da corrida presidencial de 1989.

Informações do site Buzzfeed. É que Cunha descobriu uma falha no registro do PMB, partido pelo qual Silvio saiu candidato.

Para quem não sabe, em 1989 Silvio sem participar de nenhum debate e já no final das campanhas lançou-se para a Presidência e logo já era apontado disparado na liderança em pesquisas eleitorais, e tinha até um jingle.
A concorrência de Senor Abravanel era um dos maiores medos de Collor.

A falha encontrada por Cunha era que o PMB não havia feito o número mínimo de convenções exigido pela legislação eleitoral (eram nove, mas o partido comprovou apenas quatro). No dia 9 de novembro de 1989, o TSE caçou o registro do PMB e anulou a candidatura de Silvio Santos.

Como recompensa, Cunha foi indicado por PC Farias para a presidência da estatal Telerj. Silvio Santos continuou a carreira de apresentador e já admitiu que a candidatura seria um erro.

Silvio Santos (Foto: Reprodução)Ou seja, Cunha nos tirou a possibilidade de ter Silvio Santos na Presidência da República e seguiu acumulando suspeitas de corrupção e processos ao longo dos anos.

.

Fonte: TV Foco