Josué (Sidney Sampaio) em cena de “A Terra Prometida”(Foto: Munir Chatack/Record)Na noite desta terça-feira (5), a Record estreia a tão aguardada “A Terra Prometida”. A novela que conta a história de Josué (Sidney Sampaio) na missão de liderar os hebreus até a conquista de Canaã, contará com cerca de 130 capítulos, sendo cada um deles avaliado em mais de R$ 650 mil.
Em entrevista ao jornal “Extra”, o autor da novela, Renato Modesto avisou que a trama terá um grande destaque para as sequências das batalhas: “É uma história épica, de guerra.

Os hebreus passam a novela vencendo outros povos até alcançar a terra prometida — explica ele, que conversou com Vivian Oliveira, autora de “Os dez mandamentos”, para afinar a sequência.
Apesar de seguir uma história bíblica, Modesto também utilizou a licença poética para incluir novos personagens na novela da Record: ” A história é ágil, com muitos acontecimentos, viradas.

Tem romance, traição. É tudo bem grandioso, como o período pede.

O atrativo é um personagem bíblico, mas se trata de um folhetim — afirma Modesto, inspirado ainda por romances de capa e espada como “O conde de Monte Cristo” e “Os três mosqueteiros”.
Vale dizer que se nas duas novelas anteriores os destaques ficaram para a abertura do Mar Vermelho e da terra, agora o maior acontecimento do folhetim deverá acontecer por volta do capítulo 60, na conquista da cidade de Jericó: “É um evento bastante conhecido da trajetória dele — comenta Alexandre Avancini que segue sendo o diretor das novelas bíblicas da emissora.

— Mas a própria trama é quase um road movie, são muitas etnias, muitos povos diferentes. O Moisés era um libertador, o Josué é um conquistador, o que torna a novela muito dinâmica.

Não tem barriga”, conta o diretor.

.

Fonte: TV Foco