O cantor Prince morreu por overdose do analgésico Fentanil. O remédio usado pelo cantor se enquadra no grupo dos opioides –substâncias derivadas do ópio, da mesma classe da morfina e da heroína, que podem levar à dependência.
Esse é o resultado oficial da autópsia, divulgado nesta quinta-feira (2) pela agência de notícias AP e pela Variety.

 Consta também que o cantor tomava tais substâncias para aliviar as dores e acabou se viciando. O médico legista encarregado de analisar o corpo do artista, já adiantou que não existia outra causa significante que tivesse levado Prince a morte.

Outra das informações reveladas é que ao morrer, Prince estava pesando apenas 50 kg e, além disso, tinha duas cicatrizes: uma no quadril e outra na parte direita.

.

Fonte: TV Foco