Depois do sucesso em “Verdades secretas”, Drica Moraes está de volta à TV. Em “Justiça”, minissérie que estreia dia 22, ela é a ex-cantora e aspirante a primeira-dama, Vânia (Drica Moraes). Com uma personalidade que mistura alcoolismo e frustração, ela é a carente mulher do inescrupuloso Antenor (Antônio Calloni), candidato a governador com pouco amor para dar e zero de paciência.

Entre momentos de doce delírio, quando gosta de entoar versos de “O que será?” de Chico Buarque, e períodos de profunda solidão, quando bebe mais do que poderia, ela vai cair nos braços de Maurício (Cauã Reymond) e se apaixonar perdidamente por ele – sem saber, entretanto, que o marido e o amante têm questões do passado a resolver.
Aos 47 anos, Drica classificou o enredo como “nitroglicerina pura” e disse que a idade lhe ajudou a encontrar papéis mais desafiadores.

“Entrei em outro rol de personagens. Você começa a habitar outro tipo de praia e ter outro tipo de desafio pela frente.

Meus personagens têm tido uma complexidade muito grande e gosto muito de olhar para trás e ver esse conjunto de coisas que fiz ao longo da minha carreira”, afirmou Moraes em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo”.

Apesar da complexidade, a atriz garantiu que não leva os problemas das histórias para sua vida.“Tudo é um grande jogo.

Não carrego personagem para casa nem deixo de dormir por causa disso. Às vezes volto triste ou cansada, mas chego em casa com muito prazer por ter conseguido harmonizar tantas camadas ao meu trabalho”, concluiu.

Confira o programa de fofocas do TV FOCO dessa semana:

.

Fonte: TV Foco