Dono da Record, o bispo Edir Macedo fez uma rara visita à emissora, para parabenizar toda a equipe de jornalismo, principalmente o jornalista Domingos Meireles, apresentador do “Repórter Record”, que foi extinto nesta semana. Ele, porém, continua no canal.
De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, Meirelles fará reportagens investigativas no “Domingo Espetacular” e em outras produções do jornalismo.

Aos 76 anos, ele é um dos jornalistas mais premiados jornalistas da TV no Brasil e teve seu contrato renovado.
Ele continuará na Record até 2017.

O “Repórter Record Investigação” recebeu nesta quarta-feira (13) o prêmio Rei da Espanha, um dos mais importantes do jornalismo no mundo, pela matéria de Lúcio Sturm, Gustavo Costa e Marcelo Magalhães.
A reportagem mostrava a vida de meninas tornadas escravas sexuais em um quilombo no interior do Brasil.

Diante disso, o bispo Edir Macedo esteve nesta quinta-feira na sede da Record, na Barra Funda, para almoçar com dirigentes da casa.
Ele parabenizou a todos os comandados por Douglas Tavolaro, não só pelos prêmios, mas também pela grande produção de jornalismo regional.

 A Record é uma das TVs abertas que mais investe em jornalismo regional, com cerca de seis horas diárias em cada capital.

.

Fonte: TV Foco