Garcia compara crise política com torcidas de futebol, e Sabatella rebateNa noite deste sábado (4), as redes sociais se movimentaram com as participações de Letícia Sabatella e Marcio Garcia no programa “Altas Horas” de Serginho Groisman. Isso porque, os dois que possuem opiniões opostas sobre a atual política do Brasil tiveram a oportunidade de dar os seus pontos de vista.
Sem citar bandeiras de partidos políticos, Sabatella defendeu a liberdade da democracia, já Márcio focou no fim da corrupção.

Durante o embate, no qual os dois tiveram a oportunidade de falar, o galã chegou a comparar a atual crise política com a discussão entre torcidas de futebol, sendo rebatido pela atriz:
“O tempo que se perde discutindo o sexo dos anjos é como se sentasse aqui um corintiano, um palmeirense e um são paulino para discutirem qual é o melhor time. A gente não vai chegar a conclusão nenhuma”, comparou Márcio Garcia.

“Mas aqui não é futebol”, rebateu Sabatella.​ “Perfeito.

Deixa eu concluir”, insistiu o ator.
Ainda neste trecho do programa, Serginho perguntou para ambos quais foram as consequências por darem suas opiniões sobre a situação política do Brasil.

Letícia, revelou que teve que chegar ao ponto de tomar medidas cabíveis na justiça:
“Pela luta da democracia e pelo direito de falar, de não se calar, eu me posiciono. É um momento muito conturbado mesmo, é um momento que, se der tudo certo, será maravilhoso pela discussão fomentada, e ela é necessária.

A gente precisa cada vez mais do nosso exercício de cidadania preservado, o nosso direito de cidadãos a votar, a ter o voto respeitado, ao projeto de governo eleito respeitado. Isso é muito importante.

Então, o meu posicionamento é extremamente movido por um princípio de verdade, de democracia”, discursou Sabatella.
“A minha posição, desde o início, de ir para as ruas, era o de querer sair da minha zona de conforto, por eu ser um privilegiado”, disse Garcia.

.

Fonte: TV Foco