Foto: montagem.O “Cade”, sigla para o Conselho Administrativo  de Defesa Econômica, aprovou em julgamento final hoje, 11, a criação de uma empresa televisiva entre os sócios Silvio Santos (Senor Abravanel), Edir Macedo, e Amílcare Dallevo Jr., sócio majoritário da “RedeTV!”, e marido da apresentadora Daniela Albuquerque.

Tal empresa terá, entre as principais funções, negociar os sinais digitais das emissoras dos três sócios com as operadoras de TV, mas nada impede que novos canais sejam lançados no futuro, e se agreguem à tal empresa, que já começa a ser desenhada entre os sócios e seus principais executivos.
Tal empresa promete ser um negócio altamente vantajoso para as emissoras-mães do projeto, ou seja: SBT, Record e RedeTV!, isso porque os lucros líquidos anuais são estimados de R$ 360 milhões a 1 bilhão, e isso claramente acarretará um aumento da mensalidade para os assinantes.

Com a novidade, os pacotes das operadoras deverão ser encarecidos de R$ 5 a R$ 15,  segundo cálculos das próprias  operadoras.  O Cade estimula aumento de até 11% sobre o valor total pago pelos usuários.

 A ideia é de  formar um pacote único, em que as três emissoras só possam ser negociadas juntas; o projeto tem muita força, já que ambas unidas representam 35% da audiência geral dos canais abertos na TV fechada, e 17% do total entre todos eles.  Ou seja, os “rivais” na verdade são amigos, ou sócios, pelo menos.

Com informações de Daniel Castro, do “Notícias da TV”.

.

Fonte: TV Foco