Foto: montagem.De acordo com estudo da Ancine (Agência Nacional de Cinema), o conteúdo educativo na TV brasileira vai de mal a pior. Cada vez mais renegado, por não ser sinônimo de audiência nem de faturamento, as grandes emissoras do país praticamente o ignoram.

O levantamento apurou que, por mais estranho que pareça ser, a Globo é a emissora (entre as grandes) que mais investe no tal  “conteúdo educativo” considerado pela Ancine, com 2,3% de seu conteúdo total.
A Band ficou com menos da metade da Globo, com apenas 1% de sua programação.

SBT e Record, de acordo com o estudo, não pontuaram, ou seja, tem 0% de conteúdo educativo, sob a alegação de que “esteve totalmente ausente nas grades da Record e do SBT”.
As grandes campeãs, como já era de se esperar, são a TV Cultura e a TV Brasil.

A primeira apareceu com 9,6% de seu conteúdo total e 10,8% a segunda, que é  uma emissora do Governo Federal e registra traço de audiência praticamente o dia inteiro.
Com informações de Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”.

.

Fonte: TV Foco