Pancrácio (Marco Nanini) é um professor de filosofia desempregado, que tem como hobby se fantasiar de mulher, ele descobriu nisso a oportunidade de conseguir uma renda para sobreviver pedindo donativos nas ruas, mas seus dias como mestre dos disfarces podem estar contados.
A empresária diz que se recusa a casar com um homem que sai às ruas vestido de mulher. Ela manda Pirulito (JP Rufino) pegar uma tesoura para que ela dê jeito na situação e ela começa a cortar os vestidos de Pancrácio.

O professor tenta se justificar e explica o motivo para tal ato, mas nada comove Anastácia. Ela deixa bem claro, que não fica bem o homem com que irá casar sair pelas ruas usando roupas femininas e vai além perguntando se será ele a usar o vestido de noiva no dia do casamento.

Diante da falta de resposta, a tia de Celso continua com seu sermão afirmando que para cuidar do próprio sobrinho venderá uma de suas joias restantes, em seguida agradece o carinho de Pancrácio pelo irmão de Sandra.
O professor não se conforma e se pergunta como viverá sem seus personagens.

“Viverá comigo. E nosso amor terá que ser suficiente”, diz ela, impondo o requisito para que o casamento dos dois aconteça: fantasias, nunca mais.

.

Fonte: TV Foco