Em entrevista ao site “Ego”, Geisy Arruda falou sobre a repaginada no visual e a mudança que sentiu no assédio do público masculino devido aos novos looks.
“Quando eu era mais nova, tinha a impressão que pra chamar a atenção tinha que estar seminua, extremamente sexy. E não é assim.

Existem várias formas de chamar a atenção, ser notada, sem ter que deixar pra a vulgaridade. E isso eu aprendi com os anos, há cinco não tinha essa visão.

Particularmente, me sinto melhor com uma roupa pouca mais folgadinha. Até pra andar me sinto mais segura, não precisa ficar puxando nada”, admite ela.

A modelo também ressaltou a preferência do público com roupas mais ousadas: “Os homens ficaram mais tristes comigo. Eu percebo isso nas minhas redes sociais.

As fotos mais curtidas são de biquíni, ensaios sensuais. Mas eu gosto de atingir todo tipo de público, homens e mulheres.

De vez em quando posto foto de ensaio, sobre maquiagem, cabelo, o look do dia”, disse.
Com relação às paqueras, Geisy falou que também foram modificadas.

“Vi que quando visto uma roupa mais comportada, ou até uma saia longa, mas justa, causo mais admiração nos homens. Passa o desejo, e se torna mais respeito.

O que também é um sentimento agradável de conseguir. Agora as cantadas estão mais fofas, são ‘você é pra casar’, ‘essa é a nora que a minha mãe pediu a Deus’”, concluiu.

.

Fonte: TV Foco