Geraldo Luís no programa do dia 17 de maio, quando criticou a Record(Foto: Reprodução/Record)Geraldo Luís, que comanda o “Domingo Show”, na Record, ficou abalado e infeliz na emissora após perder três pessoas de sua equipe para o “Domingo Legal”, do SBT, que levou os profissionais pelo triplo do que ganhavam na rede de Edir Macedo, numa contratação que teve o dedo de Silvio Santos.
A amigos, colegas de emissora e até para seu advogado, o apresentador disse que está preocupado com o futuro de seu programa. Nesta terça-feira (28), Geraldo confessava estar ainda mais infeliz com a Record, que o suspendeu durante um mês, em abril, depois dele criticar a emissora ao vivo.

É o que informa o jornalista Daniel Castro.
O “Domingo Show” perdeu para o SBT dois coordenadores de produção, Letícia Flores e Hugo Santos, além do diretor de externas Gustavo Vaccari – que foi a perda mais sentida -, já que ele era considerado a “alma” do “Domingo Show” por conseguir as melhores histórias e personagens.

Ainda de acordo com a publicação, nos bastidores de Record e SBT, avalia-se que o apresentador será o próximo a ir para o canal de Silvio Santos. Em maio, conforme o TV Foco noticiou, Geraldo Luís fez de tudo para tentar forçar um encontro com o dono do SBT no salão do Jassa.

Ele não esconde de ninguém que seu desejo é ir para o SBT. Na ocasião, Geraldo chegou a negociar diretamente com Silvio Santos, que não fechou o negócio porque não quis assumir a multa contratual.

O contrato do apresentador com a Record termina em abril de 2017, e a emissora quer renovar.

.

Fonte: TV Foco