Veruska Donato na última edição do Sala de Emprego, do dia 25/7; ela chorou pelo fim do quadro (Foto: Reprodução/TV Globo/ Daniel Castro)A Globo continua com mudanças nos seus principais telejornais para se adequar ao padrão do “Jornal Nacional”, principalmente no posicionamento político do canal.
Nesse contexto, a Globo decidiu acabar com dois quadros de sucesso do “Jornal Hoje”, como informa Daniel Castro para o Notícias da TV. Trata-se do “Sala de Emprego”, que era exibido às segundas, e o “Hoje em casa”, aos sábados.

A decisão foi comunicada à equipe do telejornal na última segunda-feira (22) por Luiz Fernando Ávila, editor-chefe. Aos subordinados, Ávila disse que não gosta de quadros e que quer um “Jornal Hoje” mais factual, que faça um resumo das principais notícias do dia.

SAIBA MAIS: Jornalistas discutem feio e clima fecha nos bastidores do “Jornal Hoje”
A decisão surpreendeu os jornalistas, já que as atrações registravam boa audiência. Apresentadora do “Sala de Emprego”, a repórter Veruska Donato deixou a reunião chorando.

Procurada, a emissora nega o fim dos quadros e diz oficialmente que eles passarão por reformulação e que voltam após “pausa”, mas segundo a publicação não foi isso que Ávila disse para os 12 profissionais que estavam na reunião. Veruska Donato não quis se manifestar.

O quadro das crônicas (“Crônicas de NY”, “Crônicas de Lisboa”, etc.), feito pelos correspondentes internacionais, também será retirado.

Apenas o “Tô de Folga”, que fala sobre turismo, continua às sextas. Na reunião, Ávila justificou a manutenção do quadro “porque sexta-feira é um dia fraco de notícia”.

Nesse sentido, as explicações do editor-chefe são as mais absurdas possíveis. O “Sala de Emprego”, há 10 no ar, saiu porque segundo o jornalista “não faz sentido falar de emprego com o desemprego alto”.

A atração já foi apresentada por Evaristo Costa, Fabiana Scaranzi e Michelle Loreto. Inicialmente, era apenas uma reportagem sobre emprego, e sempre tinha enorme repercussão.

.

Fonte: TV Foco