William Bonner e Renata Vasconcellos no “Jornal Nacional”, programa símbolo da Globo(Foto: Globo / Estevam Avellar)A Globo, contabilizando-se as cinco emissoras de TV aberta do Grupo Globo localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília e Recife, perderam mais de R$ 200 milhões de publicidade do governo federal em 2015.
Segundo dados divulgados pelo jornalista Fernando Rodrigues, o governo Dilma cortou R$ 591,5 milhões de investimentos publicitários em 2015. A Globo foi a que sofreu o maior corte, passando de R$ 602,8 milhões em 2014, para R$ 396,5 milhões no ano passado.

 Somente o canal da família Marinho e suas emissoras próprias, perderam R$ 206,3 milhões de publicidade estatal federal no ano passado, o que representa 34,9% do corte total dessa despesa do governo federal.
Mesmo com a maior perda de investimentos publicitários do governo, a Globo ainda é a que mais recebe verbas no meio televisivo ou em qualquer outro.

No entanto, sua participação nos recursos federais vem caindo nos últimos anos: passou de 59% do total gasto com TVs abertas no 1º ano do governo Lula, para 32% em 2015.
Os valores da publicidade estatal até 2014 estão corrigidos pelo IGP-M, o índice usado no mercado publicitário e também pelo governo quando se trata de informações dessa área.

Os números de 2015 e de 2016 – até abril – são correntes – sem atualização monetária.
Silvio Santos: o segundo que mais perdeu
Emissora de Silvio Santos foi a segunda que mais perdeu publicidade estatal em 2015 (Foto: Roberto Nemanis/SBT)Ainda de acordo com a publicação, a Globo não foi a única a sofrer cortes de publicidade estatal em 2015.

Depois da emissora carioca, o Grupo Silvio Santos, que representa o SBT, foi o que mais perdeu dinheiro de investimentos publicitários do governo federal no ano passado: passou de R$ 172,7 milhões em 2014 para R$ 115,4 milhões em 2015. Uma redução de 33%.

A Record também sofreu corte de investimentos em publicidade do governo, mas foi bem menor: 14%. A rede de Edir Macedo, que recebeu R$ 281,1 milhões em 2014, passou para R$ 242,9 milhões no ano passado.

A Band teve R$ 86 milhões de propaganda estatal em 2015, número que representa queda de R$ 42 milhões em relação a 2014. A RedeTV! ficou com R$ 34,3 milhões, tendo queda de R$ 6 milhões.

.

Fonte: TV Foco