O canal Esporte Interativo não chegou na TV paga brasileira para brincadeiras. Enquanto tira o sono da Globosat negociando clube a clube os direitos do próximo pacote do Campeonato Brasileiro (a partir de 2019), o EI está oferendo milhões a mais por outro grande evento do futebol: a Copa do Brasil.
Segundo o Blog do Ohata, em janeiro, a CBF havia se recusado a iniciar tratativas com o Esporte Interativo e outras concorrentes da Globo alegando que o novo contrato valeria apenas a partir de 2018, assim, era cedo para negociar.

(Foto: Reprodução)Porém, a visão mudou e as conversas começaram. Renovar os contratos com bastante antecedência é uma prática adotada rotineiramente pela Globo.

Assim, se esperasse mais para conversar com a confederação, o EI correria o risco de chegar atrasado.
De acordo com a jornalista Keila Jimenez, o canal da Turner ofereceu R$ 180 milhões para tirar da Globosat o evento esportivo na TV Paga.

O valor é seis vezes maior do que a programadora paga atualmente.
Vale ressaltar que o Esporte Interativo tentou os direitos dos campeonatos Paulista e Espanhol, mas sem sucesso.

Recentemente, o canal conseguiu a “Liga dos Campeões”.

.

Fonte: TV Foco