Tereza (Camila Pitanga) e Santo (Domingos Montagner) em cena no Rio São Francisco (Foto: Globo/Divulgação)Nas últimas semanas foram gravadas as cenas de um dos momentos mais esperados de ‘Velho Chico’. Domingos Montagner e Camila Pitanga estiveram no Rio São Francisco, em Alagoas, para as gravações e falaram sobre a emoção do trabalho. Segundo Camila Pitanga, ela e o companheiro de cena se emocionaram muito quando leram o texto juntos.

“Era um momento muito delicado e difícil dos dois personagens e foi muito importante a condução da direção, que foi extremamente generosa. Tinha uma atmosfera, um lugar do alto de um penhasco e toda aquela situação de risco de Tereza.

Naquela imensidão, a montanha… Isso colaborou muito pra gente fazer a sequência. Cada uma das tomadas teve um fluxo diferente”, disse a atriz, que ainda ressaltou que está ansiosa pra ver a cena no ar.

“Foram caminhos e coisas sem tanto controle que vai acabar sendo uma novidade pra mim também. Estou curiosa porque pode nos surpreender.

É um momento muito difícil e delicado pra Tereza. A cena foi bem bonita”.

Domingos destacou a importância de estarem envolvidos pelo lugar onde a cena aconteceu. “A gente tinha um ambiente muito interessante, a geografia ajudou muito na atmosfera da cena.

A direção escolheu uma locação incrível: os cânions do Rio São Francisco. Ficou uma metáfora muito interessante porque é uma situação limite.

Gravamos na beira de um abismo”, destaca o ator. Além disso, ele comentou sobre a complexidade que o personagem vive.

Para ele, além do fato de Santo descobrir que tem um filho, existe ainda o desacerto emocional com a situação que vive com Tereza. “Ele saber que na época em que se encontraram, além da paixão, nasceu um filho e ele nunca soube, gera um desmoronamento.

Vem de uma consciência súbita do quanto a história dele poderia ter sido diferente, como seria a vida deles se estivessem juntos. É uma situação que não está resolvida.

A verdade sobre o filho soma a esse descompasso todo. É a perda total de referências, de interpretações, de confiança na pessoa que ele considera o grande amor da vida e, por causa dela, a vida anda nesse desacerto tremendo.

De repente ele supõe que tudo foi uma mentira. É quase o paraíso perdido”, diz Domingos.

.

Fonte: TV Foco