Cena de “Liberdade, Liberdade” Como já informamos, a TV Globo levará ao ar em “Liberdade, Liberdade” sua primeira cena de sexo entre homossexuais nas novelas.
Por esta razão, um grupo tem protestado pedindo para que os telespectadores não assistam a sequência polêmica prevista para ir ao ar no próximo dia 12, como informa a jornalista Keila Jimenez.
O personagens André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) irão para a cama, em cenas classificadas pelo atores como ‘intensas’.

“Você assiste, ainda, a Rede Globo? Está na hora de deixar de assistir…”, diz o protesto. “Dia 12, o demônio agirá, por meio desta emissora, que transmitirá cenas de sexo gay numa de suas novelas!”, acrescenta a imagem que circula na internet.

A postagem, que já teve muitos compartilhamentos, foi publicada em página voltada para católicos conservadores. Grupos evangélicos também já se manifestaram de forma semelhante.

Confira:
Campanha que circula na internet contra “Liberdade, Liberdade” (Foto: Reprodução)Vale dizer, como já informamos no TV Foco, que o ator Mateus Solano não gostou nem um pouco da reação. “O ideal seria que todas as novelas pudessem ter nudez e outras coisas.

É claro que você não pode incitar a violência para o público infantil… Não é disso que estou falando! Mas, de alguma forma, a censura sufoca na novela das 11 tudo o que não pode ser visto antes”, declarou o ator. “Até quando?”, completou Solano sobre o protesto do grupo religioso.

.

Fonte: TV Foco