(Foto: Reprodução)Robson Conceição não queria ser turista nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Depois de duas eliminações consecutivas em estreias, sua meta era conquistar uma medalha. Uma cobrança não dos outros, mas dele próprio.

Recebido com gritos de “o campeão chegou” da barulhenta torcida no Pavilhão 6 no Riocentro, o pugilista de 27 anos venceu o francês Sofine Oumiha nesta terça-feira na final da categoria até 60kg para se tornar o primeiro brasileiro campeão olímpico no boxe.
A Globo colocou a transmissão entre o telejornal local e “Haja Coração”, fazendo com Galvão Bueno, Gustavo Kuerten e Júnior Cigano.

 Novamente a emissora carioca deu o que falar, graças à dupla Galvão e Guga. Com seu carisma, o ex-tenista rendeu muito na internet e virou Trending Topics.

O narrador, na transmissão, disse que “por mim, você faz todas comigo”.
Em recente entrevista ao jornal Extra, Guga comentou essa situação.

“É divertido, surgiram vários memes. Me chamaram de labrador humano, colocaram minha cabeça no lugar do mascote da Olimpíada”, lista.

“É um privilégio vivenciar esse clima. Pensei que não ia ter essa oportunidade novamente, depois de jogar em Atenas-2004”, disse.

Guga diz que consegue manter o otimismo até quando é instigado pelo narrador Galvão Bueno: “Ele sempre pega no meu pé, tentando me colocar contra a parede. Eu me esquivo de todo os jeitos.

Tenho que ficar ligado 24 horas para ele não me pegar desprevenido”.

.

Fonte: TV Foco