(Foto : Divulgação)Mel Lisboa faz sucesso quando decide interpretar a cantora Rita Lee. É que a atriz estreou o musical “Rita Lee mora ao lado” em 2014 e de lá pra cá não para de realizar shows. Após turnê por mais de 20 cidades Brasil afora, o espetáculo, enfim, poderá ser assistido pelos cariocas (agora, com Mel de peruca), nesta sexta e sábado, às 21h30m, no Vivo Rio.

O musical mistura realidade e ficção que conta a trajetória da cantora. “É uma história que conta a vida da Rita através do filtro de uma suposta vizinha da Rita, que vai passando por todos os momentos da vida dela.

A vizinha vai vivendo a sombra da Rita e nunca consegue assistir a um show dela. A história passa pela infância da Rita, para contar quem era essa menina,  arteira, diferente, autêntica e depois a entrada dela para os mutantes, até os dias atuais, sem nenhuma cronologia”, explica Mel.

Sobre a demora para chegar ao Rio, ela disse: “Demoramos a vir por questões financeiras. Não conseguimos patrocínio para uma longa temporada no Rio, mas vamos fazer dois dias numa grande casa.

Serão as últimas apresentações da turnê, e vai ser bem especial terminar essa longa jornada aqui”, afirmou em entrevista ao jornal Extra.
Cantar em cima do palco durante tanto tempo foi um desafio duplo para a atriz de 34 anos.

Primeiro, porque ela nunca havia feito nada parecido. Depois, porque quase ficou afônica em 2011, por conta de um calo nas cordas vocais.

“Fiquei traumatizada. Na época, tive que tomar corticoide e fazer fono.

Achava que ia perder a voz de vez e que não poderia mais atuar. Felizmente, estou curada e hoje ainda canto!”, relembra Mel, consciente de suas limitações se comparada a Rita: “Eu me sinto bem mais segura, mas sou muito autocrítica.

Minha impressão é a de que vou terminar a turnê sem atingir o ideal”.

.

Fonte: TV Foco