(Foto: Reprodução)Jô Soares resolveu se pronunciar a respeito dos escândalos envolvendo a lei Rouanet – de incentivo à cultura – em seu programa da TV Globo, na última quarta-feira (29). O âncora disse que espera que as polêmicas com a operação Boca Livre não acabe com o “instrumento de fomento à cultura”.
“A Lei Rouanet é muito importante para ajudar os profissionais que necessitam montar trabalhos e não têm recursos.

Hoje em dia é muito difícil você montar um espetáculo sem essa captação. Não é preciso acabar com a lei para você transformá-la em algo justo e bem policiado.

A lei está sendo usada de uma forma louca, como, por exemplo, para patrocinar festas. Em contrapartida, tem produções de grupos pequenos que ficam na fila um tempão esperando e não recebem nada.

É impressionante como utilizam de maneira errada uma lei que é feita para o bem, para o desenvolvimento cultural”, falou o humorista.
Criticado por muitas pessoas por supostamente ter recebido R$ 1,9 milhão para a realização da peça intitulada  ‘Tróilo e Créssida’, de William Shakespeare, Jô fez questão de deixar claro que nunca captou um centavo pela Lei Rouanet.

“Eu nunca usei a Lei Rouanet porque eu não sou e jamais serei produtor de espetáculos. Eu sou diretor”, disse o apresentador, arrancando aplausos da plateia.

.

Fonte: TV Foco