(Foto: Reprodução)Uma equipe de reportagem da TV Bandeirantes acabou sendo agredida durante a Eurocopa, na França, nesta quinta-feira (16). Eles foram hostilizados, agredidos verbalmente e fisicamente por torcedores da Alemanha em Paris, e teve até ofensas racistas.
O cinegrafista Fernando Henrique de Oliveira, 33 anos, foi agredido com um tapa no rosto, e a repórter Sonia Blota, 45, recebeu um chute.

Desde o início do torneio, 323 hooligans já foram detidos e 196 foram mantidos em prisões, por atos violentos.
A equipe tinha a intenção de conversar com torcedores dos dois países para falar da expectativa do jogo, mas foi abordada por um grupo de torcedores alemães.

 “Um cara acompanhado de um grupo de cerca de uns 50 torcedores veio e gritou: ‘Get out, niggars!’”, contou o cinegrafista.
“Pedi para que não batessem nela e, quando nós estávamos saindo, ouvi de novo o ‘Get out niggars!’ e levei um tapa na cara.

 A dor não é física, é moral e psicológica. Parece que o resto da vida vamos ter de nos desculpar por sermos negros e minoria”, completou ele.

Eles prestaram queixa à polícia, que à princípio, se recusou a intervir no caso. Os atritos entre torcedores no local é cada vez mais frequente.

.

Fonte: TV Foco